and posted in Lyrics, Tradução

Na entrevista da revista Shoxx de outubro de 2012, Ruki nos conta que essa música fala do que realmente aconteceu na música Bathroom. Mais uma vez se passa do ponto de vista do homem que encontrou uma mulher que ama morta na banheira, e ele tenta entender porque ela se matou e questiona o relacionamento deles. Não se sabe se essa mulher é uma namora, mãe, esposa ou qualquer outra coisa.

Enfim, no final da tradução, tem muitas notas interessantes da menina que traduziu pro inglês. Fica bem mais fácil de entender a música com elas, então não deixem de conferir 😉

Composição:
Letra: Ruki
Melodia: Ruki

Créditos:
Kanji: Uta-net
Inglês: Heresyarchy
Romaji/Pt-Br: Mari @ MH


DRIPPING INSANITY

Tradução

Loucura Gotejante

Solidão encharcada em risadas vermelhas
Na loucura que pinga no silêncio
Esses olhos turvos que não podem ver o futuro se esquecem de dormir

Sonhos deslizando na superfície da água se afundam nessa realidade e ficam borrados

Para onde você olha tão tristemente?
Minhas memórias que não te alcançam,
Destruídas uma a uma, agora são vermelhas nas paredes brancas

O calor do seu corpo está sendo levado embora pela água. E esquecendo de piscar, eu te olho fixamente
Apenas uma vaga sensação de perda continua, e eu não tive nenhuma hesitação
Parece que eu posso esquecer, tanto a dor suportada quanto minhas lágrimas

Por que você me olha tão tristemente?
Eu tento te alcançar, mas minhas memórias, destruídas uma a uma
Estão flutuando para longe sem destino

Eu estava errado:
Não me olhe com olhos tristes
Me ensine…
Onde está a verdade?

Deixe-me ouvir seu coração
Quero ouvir que eu estava sozinho,
Mesmo que seja mentira

Eu nem ao menos tentei ver algo, e essa é a punição por minha fraqueza

Quando me aconchego em sua face, está fria, e você não pode respirar
Eu deveria estar acostumado com a solidão, então por que minhas lágrimas fluem?
Em minhas memórias, que desaparecem uma a uma, não existe um eu sorridente

Dessa forma, eu e você estamos sozinhos

——-
Nota da tradutora do inglês:
Vocês precisam comparar Bathroom e essa música. Em Bathroom, o protagonista nos conta que ele está sozinho no silêncio e que nada funciona para quebrar esse silêncio (“cantarpara mim mesmo não teria sentido”) e ele continuam encarando a pessoa que está morrendo, pensando se deveria morrer também. Então aqui (em Dripping), na primeira parte ele nos fala que a ‘loucura que pinga’ é causada por essa situação. Mas pelo modo como foi escrito, podemos entender que o protagonista está se comparando com a palavra “solidão”. Então “Solidão encharcada em risadas vermelhas” significa que é ele, sentado ao lado da pessoa que se matou e ele está coberto com o sangue dela, rindo porque está perdendo a sanidade.
Isso é importante porque tudo se articula no fato do protagonista achar que está completamente sozinho. Eu acho que ele, na verdade, tem algum complexo de rejeição e que ele acha que ninguém quer ficar ao seu lado. Não sabemos que tipo de relação ele realmente tinha com a mulher que se matou, mas podemos assumir que ela de algum modo se importava com ele, já que ela lhe deu um nome (“você que me deu nome”). MAS eu acho que ela também tinha um problema parecido e se matou porque pensou que estava completamente sozinha e que ninguém se importava com ela. E então, ele a segue, mas em seus momentos finais, ele questiona a situação. Ele estava errado? “Quero ouvir que eu estava sozinho, mesmo que seja mentira”. Porque se tudo estivesse apenas na cabeça dele, então ele a rejeitou por nada, e ela ficou solitária por nada, e acabou se matando por nada.
Mas é tarde demais e ele está morrendo e se perguntando porque ele está triste quando solidão deveria ser a rotina dele. E no fim, ambos estão sozinhos, do mesmo jeito que achavam que estavam quando vivos. Mas dessa forma… eles estavam sozinhos juntos.
Isso funciona direitinho, porque em Bathroom, tínhamos a frase “por favor, fique ao meu lado assim”, que é algo como “Você pode ficar comigo desse jeito?”. Então ele está tentando dar a ela o conforto de sua presença em sua morte já que ele não conseguiu fazer me vida. Mas no fim dessa música ambos estão mortos e ambos estão sozinhos. Fim.

Romaji

DRIPPING INSANITY

shizukesa ni shitataru kyouki ni
akaku nureta kodoku ga warau
nemuri o wasure asu mo mienai nigotta me

minamo o oyogu risou jijitsu ni obore nijimu

kanashige ni doko o miteiru no?
anata ni todokanai
hitotsuzutsu saita omoide shiroi kabe ni akaku

nagareteyuku anata no taion mabataki o wasure mitsumeteita
kasuka ni nokoru soushitsukan mayoi nado nakatta

wasurete shimaisou koraeta itami mo namida mo

kanashige ni naze boku o miru no?
anata ni te o nobashi hitotsuzutsu saita omoide
ate mo naku nagareteku

Was I wrong?
Don’t watch me with sorrowful eyes
Teach it…
Where is the truth?

kokoro o kikasete
boku wa hitori datta to
uso demo ii kara

nanimo miyou to shinakatta yowaki boku e no daishou

suriyoseru hoo ga tsumetakute toiki mo sagasenai
sabishisa ni nareteta hazu nanoni naze namida afureru?
hitotsuzutsu kieteku omoide hohoemu boku wa inai

kono mama anata to boku wa kodoku

Kanji

DRIPPING INSANITY

静けさに滴る狂気に
赤く濡れた孤独が笑う
眠りを忘れ明日も見えない濁った目

水面を泳ぐ理想 事実に溺れ滲む

悲しげに何処を見ているの?
あなたに届かない
一つずつ裂いた思い出 白い壁に赤く

流れてゆくあなたの体温 瞬きを忘れ見つめていた
微かに残る喪失感 迷いなど無かった

忘れてしまいそう 堪えた痛みも涙も

悲しげに何故僕を見るの?
あなたに手を伸ばし 一つずつ裂いた思い出
宛も無く流れてく

Was I wrong?
Don’t watch me with sorrowful eyes
Teach it…
Where is the truth?

心を聞かせて
僕は一人だったと
嘘でもいいから

何も見ようとしなかった弱き僕への代償

すり寄せる頬が冷たくて 吐息も探せない
寂しさに慣れてたはずなのに 何故 涙溢れる?
一つずつ消えてく思い出 微笑む僕は居ない

このまま あなたと僕は孤独

Leave your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: