and posted in Lyrics, Tradução

Escrito do ponto de vista de uma pessoa que vê uma garota cristã morrer e o resultado disso, e ele questiona as religiões. (FOOL’S MATE, agosto 2007).

Composição:
Letra: Ruki
Melodia: Kai

Créditos:
Kanji/Romaji/Inglês: Gazette_Lyrics LJ
Pt-Br: Mari @ MH


Ganges ni Akai Bara

Tradução

Rosas Vermelhas sobre o Ganges*

Falando figurativamente, você parece
Um corvo que deseja mergulhar na superfície da água com asas abertas
O que estão vendo os olhos que fingem ser inocentes?

Por favor facilite para a garota
Cujas mãos estão apontando para o céu

Um rosário feito de latão está pendurado em seu pescoço
E foi substituído por uma corda de couro marrom-claro
O hino misturado com um sorriso é interrompido
Ao mesmo tempo em que você perde o chão

Enquanto assisto a sombra tremeluzente, meus sentidos enfraquecem
O entendimento não tem sentido nesse culto
Espalhado como o som de um sino que toca friamente

Fevereiro é decorado com taciturnidade,
Palmas colocadas juntas numa prece profunda
Para Deus, incapaz de salvar, por favor me responda
Experimentando o valor da vida na morte
Essa morte deixa as flores da vida desabrocharem
Um Deus sem cor e uma dormente rosa murcha
Eu me agarro a você que está se afogando, vamos encarar a bela escuridão

Para a cera derreter, sua forma foi tirada
Quando o amanhã é deixado sem sombras, o que há mais que realidade?
Eu quero te reconhecer
Por favor, não fique triste,
Mesmo se não tiver mais nada refletido nesses olhos

Fevereiro é decorado com taciturnidade,
Palmas colocadas juntas numa prece profunda
Para Deus, incapaz de salvar, por favor me responda
Experimentando o valor da vida na morte
Essa morte deixa as flores da vida desabrocharem
Estou cantando aquelas palavras abandonadas

Seu aniversário é decorado com taciturnidade,
Não importa quantas vezes a comemoração desse dia continue
Você nasceu e cresceu aqui, no lugar que amava
Fracamente continua tremendo e fluindo,
Esse eterno sono em beleza
Sua jornada foi decorada por rosas vermelhas **

O que eu pedi tranquilamente é para nunca confiar na linguagem das emoções
Você pode rir do fundo do coração? Me pergunto se há alguma felicidade

* Ganges é um rio na Índia
** Num dos rituais indianos relacionados ao rio Ganges, os mortos são primeiramente purificados nas águas do rio e depois queimados. As cinzas são jogadas no rio posteriormente ou os corpos são confiados às águas do Ganges. Na música provavelmente o corpo da garota foi colocado na água e depois seguido por flores vermelhas.

Romaji

GANJISU ni akai bara

tatoeru nara sou kimi wa
hane hiroge suimen ni rakka shitagatte ita Crow
mujaki ni asobu me wa nani wo miru

yaseta te ten wo sasu shoujo ni douka anraku wo …

kubi ni burasagaru Brass no ROZARIO
sashikaerareta no wa usucha no Leather Rope
bishou majiri no Hymn togireru to douji ni kimi wa fumihazusu

yureru kage wo mite risei wa sogareta
rikai wa muimi to chirabaru Cult tsumetaku naku kane no ne

kamoku wo kazaru February kasaneta tenohira inori wa fukaku
sukuenu kami yo douka kaitou wo
inochi no kachi wo shinde kanji sono shi wa inochi no hana wo sakasu to
mushoku no kami to nemuru kareta bara
oboreteru kimi wo kakae utsukushiku yami e to mukou

rou ga tokeru you ni katachi wa ubawareta
kage nokosenu asu ni ima ijou no nani ga aru darou ka

kimi ni tsugeru douka kanashimanaide sono me ni nani mo utsuranakute mo

kamoku wo kasatta February kasaneta tenohira inori wa fukaku
sukuenu kami yo douka kaitou wo
inochi no kachi wo shinde kanji sono shi wa inochi no hana wo sakasu to
okizari no kotoba ga utau

kamoku wo kasatta Birthday ikudo mo iwai tsuzuketa kono hi ni
umare sodachi aishita koko de
yowaku yurare nagarete iku sono nemuri yo towa ni utsukushiku
kimi no tabiji wo kazatta akai bara

yasuraka ni to negau no wa kesshite jou makase no kotoba janai
kimi ga kokoro kara waraeru you na koufuku wa soko ni aru no ka

Kanji

ガンジスに紅い薔薇

例えるなら そう君は
羽広げ水面に落下したがっていたCrow 無邪気に遊ぶ目は何を見る

痩せた手 天を指す少女に どうか安楽を・・・

首にぶら下がるBrassのロザリオ
差し替えられたのは薄茶のLeather Rope
微笑まじりのHymn 途切れると同時に君は踏み外す

揺れる影を見て 理性は削がれた
理解は無意味と散らばるCult 冷たく鳴く鐘の音

寡黙を飾ったFebruary 重ねた掌 祈りは深く
救えぬ神よ どうか回答を
生命の価値を死で感じ その死は生命の花を咲かすと
無色の神と眠る枯れた薔薇
溺れてる君を抱え 美しき闇へと向おう

蝋が溶けるように形は奪われた
影残せぬ明日に 現実以上の何があるだろうか

君に告げる どうか悲しまないで その目に何も映らなくても

寡黙を飾ったFebruary 重ねた掌 祈りは深く
救えぬ神よ どうか回答を
生命の価値を死で感じ その死は生命の花を咲かすと
置き去りの言葉が歌う

寡黙を飾ったBirth day 幾度も祝い続けたこの日に
産まれ育ち愛した此処で
弱く揺られ流れていく その眠りよ永久に美しく
君の旅路を飾った赤い薔薇

安らかにと願うのは 決して情任せの言葉じゃない
君が心から笑えるような 幸福は其処にあるのか

Leave your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: