and posted in Lyrics, Tradução

Composição:
Letra: Ruki
Melodia: Ruki

Créditos:
Original: Uta-net
Romaji/PT-BR: Orochi @ MH


Ibitsu

Tradução

Distorção

Até onde vai a distorção?
Leve-me para longe?

Fecho meus olhos para as esculturas sem significado do tempo
e fito meus instintos infrutíferos
Engulo o néctar dos cinco sentidos que eu desejava
A angústia e o conforto transformam-se em cascas vazias

Buscando um ideal vívido demais, caí em um mar de escombros

Notando que era eu quem caíra ali
Afogo-me no desejo sem poder mais voltar
Olhando para o céu, lembrei-me dos tempos de alegria
O céu agora é cinzento e imutável

Até uma flor que nasceu de escombros um dia também murchará

Se eu abstrair minha visão, um dia tudo desaparecerá
A paisagem a se distorcer zomba de mim

O futuro indistinto adiante é uma sombra do que foi a “criação”?

Como não posso fazer nada neste estado decaído
mergulho nesta realidade deformada
Se você levar-se pelo fluxo imitando os outros
verás o céu se clarear?

Buscando um ideal vívido demais, caí em um mar de escombros

O pensamento que se reflete em meus olhos é intocável
Sem notar, meu coração absorveu contradições

Se eu abstrair minha visão, um dia tudo desaparecerá
Até este pequeno fragmento de “imaginação” que me resta será esquecido
O tempo se esgota
E tudo continua distorcido…

O futuro indistinto adiante é uma sombra do que foi a “criação”?

Ou serão minhas contradições?

Romaji

Ibitsu

yugami yo kono mama doko e
Do you take me away?

muimi ni kizamu toki ni me o toji
karamawaru honnou o mita
hoshigaru gokan ga mitsu o susuri
ku mo raku mo nukegara no you de

azayaka sugita risou ni kuzurete gareki no umi e

soko ni korogaru jibun ni kidzuku
yoku ni obore modorenai
miagereba michisugiteita toki
kono sora wa nigori hateteita

gareki ni saita hana mo karete shimau ne

kono me o hanaseba itsuka kieteyuku
yugandeyuku keshiki ga ore o warau yo

mada minu mirai soko ni aru no wa “souzou” no nare no hate ka?

suitai shita mama nanimo dekizuni
kikei na genjitsu o oyogu
nagare ni makase migi ni naraeba
nigoru sora mo sunde mieru ka?

azayaka sugita risou ni kuzurete gareki no umi e

me no mae ni utsuru furerarenu omoi
itsu no ma ni ka kokoro wa mujun de nureteita

kono me o hanaseba itsuka kieteyuku
wazuka na sono “souzou” mo yagate mu ni ochiru
toki ga michiteyuku
tada yuganda mama…

mada minu mirai soko ni aru no wa “souzou” no nare no hate ka?

sore tomo ore no mujun ka?

Kanji

歪みよこのまま何処へ
Do you take me away?

無意味に刻む時に目を閉じ
空回る本能を見た
欲しがる五感が蜜を啜り
苦も楽も抜け殻のようで

鮮やか過ぎた理想に崩れて瓦礫の海へ

そこに転がる自分に気付く
欲に溺れ戻れない
見上げれば満ち過ぎていた時
この空は濁り果てていた

瓦礫に咲いた花も枯れてしまうね

この目を離せばいつか消えて行く
歪んでゆく景色が俺を笑うよ

まだ見ぬ未来 そこに在るのは「創造」の成れの果てか?

衰退したまま 何も出来ずに
奇形な現実を泳ぐ
流れに任せ右に倣えば
濁る空も澄んで見えるか?

目の前に映る触れられぬ思い
いつの間にか心は矛盾で濡れていた

この目を離せばいつか消えて行く
僅かなその「想像」もやがて無に落ちる
時が満ちてゆく
ただ 歪んだまま・・・

まだ見ぬ未来 そこに在るのは「創造」の成れの果てか?

それとも俺の矛盾か?

Leave your Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: